O desafio de falar em público

Falar bem em público é um desafio para todos, e os executivos de grandes empresas não fogem dessa regra. Segundo pesquisa do jornal britânico “Sunday Times”, falar em público é um dos principais medos das pessoas. Isso porque, entre 3 mil entrevistados, esse medo acomete 41% das pessoas, e fica à frente de medos como de conviver com problemas financeiros (22%), e da morte (19%). E o mais preocupante de toda essa questão é: universidades, escolas e instituições de ensino não estão preparando os formando para esse momento que estará presente em toda a vida pessoal e profissional.

De acordo com professor da Descola, Augusto Uchoa, quem não é percebido, não é comprado. “Se você não falar, outras pessoas falarão por você. Além disso, não saber falar significa não ter assertividade, então temos uma série de problemas quando as pessoas não conseguem falar em público.  O profissional ministra pelo site o curso “Discurse – Como falar bem em público”, onde são expostas todas as técnicas e dicas para se discursar em público.

E para ajudar os empreendedores e profissionais de todas as áreas a falar melhor em público, além de otimizar as apresentações, a Descola oferece agora as 3 dicas infalíveis para se sair bem nos discursos.

Confira!

1- Esqueça o racional! É hora de ser emocional:

Atualmente, todo o discurso deve ser emocional, muito mais do que racional, pois é a emoção que gera aproximação entre o palestrante e os seus ouvintes. Focar na emoção é o segredo do bom discurso. Vá além da borda, gerando identificação e empatia com os ouvintes.

Uma pesquisa da Kellogg School of Management, da Northwestern University, nos Estados Unidos, examinou a associação que as pessoas fazem entre o uso de uma linguagem mais emocional e a sua capacidade de persuasão.

De acordo com o pesquisador Matthew D. Rocklag, responsável pelo estudo, as pessoas escolhem apelos mais emocionais mesmo quando elas tentam ser racionais ou neutras.

2- O tempo é fundamental

Tenha muito cuidado com o tempo, porque a maioria não se preocupa com esse fator. Seja simples em todo o seu discurso, estruturando em início, meio e fim, de acordo com o tempo que você tem. Essa não é uma tarefa fácil, portanto ensaie bastante!

Lembre que você está tirando o tempo de alguém, então sempre que puder, reduza o seu tempo. Menos é mais e nada de afobação, ter um discurso tranquilo é fundamental também.

Pode parecer contraditório, mas algumas pausas bem executadas dão às pessoas que o estão assistindo a impressão de que você tem segurança sobre o que está relatando e é um tremendo especialista naquilo. Isto porque você não demonstra afobação, mas, ao contrário, confiança no que vai ser falado e no tempo que dispõe para falar.

3- Seja você mesmo

Uma das principais dicas para falar bem em público é ser você mesmo e agir com naturalidade. Caso você busque ser algo que não é, provavelmente você não conseguirá se conectar com o seu público.

Não existe um padrão. Ser natural é buscar sua essência. A naturalidade está relacionada ao conforto que você sente ao exercer uma atividade, sem que você pense em querer parecer natural.

Para isso, tome cuidado com excessos. Excesso de gestos, excesso de posição, excesso de acessórios. Tudo em excesso pode trazer um certo desconforto para quem está discursando e para quem está ouvindo!

Comentar